Sobre teu colo


Teu colo é o leito
Que me torna suspeito,
De um crime imperfeito.

Esqueço do mundo ao redor,
Esqueço de apagar os rastros
Dos crimes que ja cometi, o pior.

Me entrego de bandeja,
A todos que assitem,
Deixando esposto o que me craveja.

Teu colo é o leito
Que enfim aceito,
A ter o amor como afeito.

Um comentário:

  1. Parabéns! Simplesmente lindo!

    Daniel

    Danlirando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir